Complexo energético de exercícios para articulações

Campos de torção e vórtices do corpoA saúde humana depende muito da energia existente, necessária para o funcionamento do organismo, e do estado das articulações dos membros, da coluna vertebral e de tórax. Durante a rotação das partes diferentes do corpo, elas intersectam as linhas magnéticas da terra, a volta delas cria-se o campo de torção e os vórtices das partículas do corpo físico e dos corpos súteis. A esquerda está apresentado o esquema dos campos de torção e vórtices do corpo humano.

Para manter as articulações em bom estado e gerar a energia adicional pode ser utilizado um complexo energético de exercícios para articulações. A seguir faz-se a discrição deste complexo de exercícios. Os pormenores da sua execução pode-se ver no vídeo.

  1. Passagem de um pé para outro. Os pés encontram-se na distância de ombros. Corpo, mãos estão relaxados. O organismo sintoniza-se à intersecção das linhas magnéticas da Terra.
  2. Passagem de um pé para outro, com a rotação do corpo (dos ombros) em torno do seu próprio eixo em 120 graus no sentido horário e anti-horário. Todo o corpo está relaxado. Treinam-se as articulações das mãos, pernas e de toda a coluna. Treina-se o aparelho vestibular.

Ao girar no sentido horário, a volta do corpo é gerado o campo de torção, o fluxo de vórtice, que vai de cima para baixo, e quanto gira no sentido anti-horário – de baixo para cima (de acordo com a regra de fuso). Faz-se de 8-10 voltas em ambas as direcções.

  1. Inclinações da cabeça para o lado, para os ombros. Treinam-se as articulações do pescoço. Fazem 4 inclinações singulares e 2 duplos.
  2. Inclinações da cabeça para trás e para frente. Treinam-se as articulações do pescoço. Fazem 4 inclinações singulares e 2 duplos.
  3. Rotações da cabeça em 60 graus no sentido horário e anti-horário. Treinam-se vértebras cervicais. Faz-se 100 vezes em cada direcção.

A volta da cabeça, do pescoço gera-se o campo de torção, o fluxo de vórtice que vai de cima para baixo durante a rotação no sentido horário da cabeça e de baixo para cima – no sentido anti-horário. É um exercício muito importante para o aumento da expectativa de vida.

Durante a rotação das partes do corpo visualize a rotação do campo correspondente de torção (neste caso, em torno de cabeça e pescoço) e o movimento de um fluxo de vórtice (neste caso – para baixo e para cima).

Inclinações e rotações da cabeça, do corpo treinam também o aparelho vestibular.

  1. Rotação da cabeça em 360 graus, 8 vezes em um e 8 em outro lado. Trabalham vértebras cervicais, gera-se o campo de torção, treina-se o aparelho vestibular.
  2. Subidas e descidas da cintura escapular, 4 vezes singulares e 4 vezes duplas. Trabalham articulações clavículas e de tórax.
  3. Rotação da cintura escapular em um e em outro lado a 8 p. Trabalham as articulações de clavícula e de tórax. Na cintura escapular gera-se o fluxo de vórtice.
  4. Rotação dos braços num sentido e noutro 8 v. Trabalham as articulações dos ombros, ao seu redor geram-se os campos de torção, vórtices.
  5. Rotação dos braços em cotovelos num sentido e noutro 8 v. Trabalham as articulações de cotovelos, a volta de cotovelos geram-se campos de torção, vórtices.
  6. Rotação das mãos num sentido e noutro 8 v. Trabalham as articulações do carpo, em torno delas geram-se os campos de torção, vórtices.
  7. Contracção brusca dos dedos em punhos e endireitamento dos dedos – 8 v.
  8. Inclinações para trás e para frente, 4 v. singulares e 2 v. duplas.
  9. Inclinações para frente 8 v., tentando tocar chão com palmas.
  10. Inclinações para frente, por 2 v. para um pé, no centro, para o outro pé, e novamente no centro.
  11. Rotações do corpo em torno do seu eixo em 120 graus, por 8 v. no sentido horário e anti-horário. Olhos circulam em 180 graus para cada lado.

Corpo relaxado, pés estão no chão. Trabalham as articulações dos braços, das pernas e de toda a coluna. Gera-se o fluxo de vórtice para baixo e para cima ao longo de todos os corpos.

  1. Rotações do corpo em torno do seu eixo em 120 graus com subida dos braços, por

    8 v. no sentido horário e anti-horário. Corpo relaxado, pés estão no chão. Olhos circulam em 270 graus para cada lado.

  2. Inclinações do corpo num e noutro sentido. 4 v. singulares e 2 v. duplas.
  3. Rotação da pelve em um círculo. 8 v. no sentido horário e 8 v. anti-horário. Pés e ombros fiquem sem movimento. Trabalha parte média da coluna, os campos de torção são criadas em torno da pelve.
  4. Rotação da pelve, descrevendo oito. 8 v. no sentido horário e 8 p. anti-horário. Pés e ombros não se movem. Trabalha parte média da coluna, os campos de torção são criadas em torno dos quadris.
  5. Inspiração com abdómen e arraste do abdómen para dentro durante a expiração, 8 v. Pés estão junto. Faz-se massagem dos órgãos internos.
  6. Compressão das nádegas com retracção do esfíncter, a pelve se move para frente e, em seguida, relaxamento e expansão da pelve no sentido inverso. Repetido 100 vezes. Funciona a parte inferior da coluna e o períneo. Um exercício muito útil, especialmente para os homens.
  7. Rotação dos joelhos em um círculo. 8 v. no sentido horário e 8 v. anti-horário. Trabalham as articulações das pernas, os campos de torção são gerados em torno dos joelhos.
  8. Rotação dos joelhos nos sentidos diferentes. 8 v. no sentido horário e 8 v. anti-horário. Pés estão na distância dos ombros. Trabalham as articulações das pernas, os campos de torção são gerados em torno dos joelhos.
  9. Rotação separada dos joelhos em torno dos dedos dos pés. 8 v. num e noutro sentido. Trabalham as articulações das pernas e dos dedos de pés.

O complexo de exercícios faz-se na parte da manhã com o estômago vazio.

Quer viver? Comece a girar!

Treina tuas articulações, gira e vive feliz para um longo tempo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *