Relatório breve das viagens para províncias de Moçambique

Feliz Natal e Prospero Ano 2014

Faça clique na foto.

No artigo anterior foi dito que no princípio no Dezembro de 2013 os professores do Centro de Ensino à Distância (CEND) da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) viajaram para 4 divisões da UEM para esclarecer a experiência, as condições e necessidades destas instituições para realizar o ensino à distância, via Internet. Foram visitadas seguintes instituições:

  • Escola Superior das Ciências Marinhas de Quelimane;
  • Escola Superior de Desenvolvimento Rural (ESUDER) de Vilankulo;
  • Escola Superior de Negócio e Empreendedorismo de Chibuto (ESNEC);
  • Escola Superior de Hotelaria e Turismo de Inhambane.

Eu, junto com Doutor Castelo Maluleque, visitamos Vilankulo. Graças ao director da ESUDER, Prof. Doutor Simião Balane, estávamos bem recebidos, acompanhados e alojados. Mas alguns nossos colegas tiveram certas dificuldades com recepção e acompanhamento.

Na foto em baixo pode-se ver os professores, reunidos para receber a informação sobre CEND, objectivo da nossa visita e para preencher questionário. O director da ESUDER está a direita. E pela esta referência pode-se ver o clipe com algumas vistas da Vila Vilankulo e do Oceano Índico.

Escola Superior de Desenvolvimento Rural, Vilankulo, MoçambiqueNo resultado destas viagens foram recolhidas 66 inquéritos de mais de 40% dos professores das instituições acima ditos. Os inquéritos mostram que todas as instituições têm interesse de preparar seus professores para realizar o ensino à distância. Poucos professores têm experiência de ensino à distância e todos os querem alargar sua experiência de ensino nesta modalidade.

Maior parte dos professores tem seus computadores e ligação a Internet em casa. Só poucos professores têm computadores nos lugares de trabalho e ainda menor número dos professores têm lá o acesso a Internet. Neste sentido ainda há grandes lacunas e desafios para estas instituições.

Em geral, nos locais acima ditos existem condições mínimas de ensino via Internet. Mas na maioria dos casos a Internet é bastante lenta. Por isso será difícil utilizar para ensino muito desejados vídeos e videoconferências no regime online. Para acesso a Internet os professores utilizam principalmente diferentes provedores de telefonia móvel: Vodacom, Movitel, Mcel e TDM. Maior parte dos professores pensam que para suas disciplinas seria melhor realizar o ensino em forma dual, uma parte via Internet e outra de forma presencial.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *